publicidade
Edição: 1326 Ano: 2017

Classificados




História do Jornal Classificados

Trata-se de uma empresa familiar dirigida por Amarildo de Paula, Gilmar Antônio de Paula, Maria Aparecida dos Santos de Paula e Maria de Lurdes de Paula Simaroli. Todos os sócios trabalharam em veículos de comunicação da região e, na ocasião, tiveram a idéia de lançar um jornal com um conteúdo e formato novo, ou seja, classificados da região de Vinhedo, Valinhos e Louveira. A primeira publicação do Jornal Classificados foi em 31 de Janeiro de 1992. No tamanho tablóide, com oito páginas em preto e branco, quinzenal e distribuição gratuita de 8.000 exemplares. Após quatro edições, (dois meses), o Jornal tornou-se semanal.

Através de muito empenho e dedicação, o número de páginas não parou de crescer. Iniciou com 8 páginas, logo passou a 12, depois 24, em 1996 foi para 36 páginas, e assim por diante. Atualmente o jornal está com 64 páginas. Entretanto, nas edições especiais de Natal ocorre um aumento neste número devido a edição especial de fim de ano.

Em 1996, o Jornal Classificados Vinhedo, Valinhos e Louveira passou a ser também de Itatiba por ter um público atraente para os anunciantes. O mesmo aconteceu com a cidade de Campinas no ano 2000.

Ao longo dos 19 anos de existência, o Jornal Classificados investiu constantemente em qualidade. A busca por inovação é contínua através de ações como: facilidade para o leitor através da organização dos classificados em ordem alfabética e sessões; contratação de pessoal especializado; atualização freqüente de equipamentos de informática, site (Jornal Classificados virtual), implantação do sistema de captação dos anúncios gratuitos a fim de facilitar e profissionalizar ainda mais, além da preocupação permanente no investimento em tiragem, que no início era de 8.000 exemplares e chegou a 25.000, pois durante 12 anos o Jornal foi distribuido gratuitamente..

Todavia, diante da constatação através de pesquisa do desperdício e da dificuldade do leitor em adquirir o exemplar do Jornal, por ser um produto grátis, em 2005 ele passou a ser cobrado, um valor para atender todos os públicos dos quais a empresa atinge, uma decisão que não comprometeu o retorno aos anunciantes. Nesse mesmo período o Jornal ganhou mais qualidade ao inserir o “ClassiNotícias”, um caderno de notícias com os principais fatos ocorridos na região. Também divulga ações de caráter social como, por exemplo, o “Espaço Solidário Jornal Classificados”. Criado em 2009, a campanha é um meio para que as empresas invistam em seu marketing social através da divulgação de seus produtos e serviços no Jornal Classificados, dessa forma colaboram com ONGs (Organizações não Governamentais), pois parte da venda dessa propaganda é repassada a uma das entidades existentes na região que o Jornal circula.

A credibilidade e confiança por parte dos clientes e leitores fazem do Jornal Classificados um veículo de comunicação de sucesso, que visa proporcionar pequenos, médios e grandes negócios através da prestação do serviço de Publicidade e Propaganda para empresas, comércio em geral e anúncios gratuitos para a comunidade.

Princípios e valores da empresa

A empresa é comprometida em oferecer um serviço de qualidade e principalmente resultados. Por isso, o semanário possui mais de 500 pontos de vendas, além da distribuição em todas as bancas nas cidades onde o Jornal circula. Mantém e investe constantemente na quantidade de exemplares, conseqüentemente proporciona retorno aos anunciantes, um compromisso garantido, o que pode ser verificado através da fidelização dos clientes, diferenciando-se da concorrência.lientes, diferenciando-se da concorrência.

PraWEB Desenvolvimento